domingo, 2 de julho de 2017

Califórnia: Highway 1 interditada o que fazer?

Daí você está super empolgado para fazer uma das rotas cênicas mais linda do mundo e se depara com a seguinte notícia: 'uma ponte caiu e deixará a Highway 1 interditada por vários meses'. E agora? Vale a pena alugar um carro e fazer o trecho permitido? Em qual cidade litorânea dormir? Bom, tive estas dúvidas e neste post vou falar como aproveitei a viagem.


Partida: Los Angeles
Destino: Monterey
Duração: 7h
Época: Maio/Primavera de 2017

Meu plano era sair cedo de Los Angeles e conhecer: Solvgang, Los Olivos e chegar em Monterey para pernoitar. Mas infelizmente saímos bem tarde de Los Angeles, na verdade as 13h. Então fizemos o trajeto informado pelo Google Maps indo direto para Monterey. Ao passarmos pelas vinícolas de El Paso Robles, pensamos em parar, mas já era tarde e seguimos direto. E exatamente assim ficou nosso trajeto:



Bom, foi um dia bem puxado, apenas quem dirigiu foi minha amiga, Ana Cláudia, pois eu era co piloto e observava no Google Maps as direções que as vezes eram bem confusas, mas nada que causasse pânico. Dá pra dirigir até sozinho nos EUA, de boa! Neste trajeto fizemos um abastecimento de meio tanque ( 20 dólares). Chegamos em Monterey por volta das 20h, na Primavera demora para o sol se pôr, então ainda estava claro. Nossa hospedagem foi maravilhosa, ficamos no Ramada Monterey Hotel, excelente! Aliás, se hospedar em Monterey é mais barato que em Carmel.

No outro dia, começamos nosso passeio pelo Píer de Monterey e logo pela manhã o movimento estava fraco. Minha amiga se estusiamou com os vários Clam Chowder, uma espécie de creme com peixe e marisco, muuuito gostoso, provamos vários.




Píer de Monterey



Daí, partimos para a 17 Mile Drive, um condomínio fechado em que se paga 10-12 dólares (se eu não estiver enganada) para ter vistas incríveis da costa da Califórnia e que possui 17 milhas. Recebemos um mapa do trajeto, mas nem usamos o mapa, rsrs, pois é tudo muito intuitivo e com acesso a internet, usamos o Google Maps. Fomos parando onde achávamos interessante e onde havia muitos carros. As paradas estão sinalizadas e estacionar nesta época da Primavera, não é difícil. Sempre encontrávamos um bom lugar para estacionar.


casas charmosas e bem ornamentadas em Monterey

eles estão por todas as partes ...






e algumas paradas são assim ... simples, na beira da estrada ..

Spanish Bay



Bird Rock Vista Point


Lonely Cypress
Gostou do Blog? Dá uma curtida aqui:
Saindo da 17 Mile Drive, já entramos em Carmel by the Sea. Gente, que lugar lindo! Uma praia com água gelada, mas muito linda e o mais bacana foi dedicar um tempo para caminhar pelas ruas e apreciar as casas tão bem ornamentadas e floridas. Foi um tempo bem aproveitado. Assim que você chegar em Carmel, verá um estacionamento público, em frente a praia. Ali estacionamos e descemos para praia, caminhamos pela areia até um determinado ponto e subimos as escadas e saímos na rua secundária até chegarmos na rua principal de Carmel, a Ocean Avenue, com várias lojas de artes, doces e perfumes, lindas e bem decoradas. Subimos por um lado e descemos por outro. Fizemos uma pausa para o café numa delicatessen muito fofa e comemos um tiramissu.


surfistas nas geladas águas de Cramel


caminhar pelas ruas de Carmel é prazeroso


uma loja em que você pode experimentar diversos temperos, óleos e doces ... cada um melhor que outro, fica na Ocean Avenue

Ocean Avenue, a rua principal de Carmel by the Sea
Seguimos caminho para a Highway 1, subindo a Ocean Avenue, virando a direita e pronto. A partir daí os pontos de observação vão aparecendo naturalmente, sinalizados e há vários carros. Ventava muuuito, por isso vá bem agasalhado. Do começo ao fim da rota, nos batíamos com as mesmas pessoas, todo mundo faz o mesmo roteiro e para no mesmo lugar. É seguro e tranquilo, dá pra fazer sozinho também, aliás vi muitas pessoas sozinhas e fotografando. Aonde chegamos saindo de Monterey? Até aqui:


subindo a Ocean Avenue  em direção a Highway 1 você encontrará esta placa, basta seguir  a direita em direção a Big Sur. Logo encontrará a reserva natural Point lobos, mas estava fechada pois passamos depois das 17h...
É um trajeto muito bonito, infelizmente não podemos ver a Macway Fall, aquela cachoeira que desagua no mar, mas vale sim fazer a Highway 1. Se você quiser conhecer Solvgang e Los Olivos, precisa sair bem cedo de Los Angeles e pode pernoitar em Los Olivos e depois subir para Monterey e pernoitar 1 ou 2 noites por lá.




Bixby Brigde que tem um irmã quase gêmea, rsrs a Rock Creek Brigde






Point Sur State Park


Observe no mapa que gastamos mais tempo na 17 Mile Drive, enquanto que o trajeto pela Highway 1, que só aparece no roteiro depois de Carmel, tem pontos de paradas mais afastados um do outro. Não subestime a 17 Mile Drive pelo seu tamanho, ela possui muitos pontos de observação. Em todo o trajeto, só na ida, gastamos mais ou menos 7h.  Paramos no Fernwood Bar e Grill para comprar lanche e retornamos para Monterey, mas antes, passamos em Carmel para apreciarmos um belíssimo pôr do sol mesmo com tempo nublado por volta das 20h. No outro dia, fomos para o Yosemite Park que será o assunto do próximo post para você embarcar na viagem.😉

a deliciosa sensação de trafegar pela Highway 1 ... vale cada centavo!

só nos resta agradecer ...
Durante toda viagem usei o chip da T Mobile vendido através da Easysim4U que ganhei de cortesia e funcionou perfeitamente bem durante os15 dias no EUA. Se você deseja comprar o chip, acesse este link que eu ganho uma comissão.

Para ficar informado sobre as condições das estradas na Califónia acesse o site da Caltrans e curta a fanpage da Big Sur Information

Veja outros posts desta viagem:
Yosemite Park em 2 dias
São Francisco em 1 dia, como assim??
Siga o Vaneza com Z em:


O blog Vaneza com Z  possui parceria/ convênio com uma das empresas/ serviços citados no texto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...